Sunday, May 04, 2008

Não é mais, assim uma Brastemp.

ago/2011: Meio revoltado este post. O problema que aflinge essas placas na realidade é a queima do capacitor, possivelmente da etapa de alimentação. Quem consertou conhece exatamente qual area de resina remover da placa e subtitui o capacitor azul grande.
Aparentemente mais alguns componentes foram trocados, mas nao posso afirmar.
A resina foi recolocada.

Essas empresas, que fabricam ano após ano novos modelos de eletrodomesticos, na tentativa principal de baratear os custos de produção.
Nossa lavadoura de roupas, Brastemp queimou. Deixou de ser uma "Brastemp"



Deixei o video apenas para relembrar da velha propaganda, do tempo que ela era possivelmente uma boa máquina :). Coitada, com 5 anos. Fica aquela sensação que as antigas aguentavam decadas quase sem problemas. Inicialmente pensei que o microcontrolador havia queimado. Entretanto após conversar com algumas pessoas da area descobri que o problema é que alguns capacitores acabam com problemas. Me avisaram tambem que ela usa um chip da MICROCHIP MOTOROLA, provavelmente da familia 8051.


Algumas coisas a respeito da placa:
Tem uma sigla na placa, INVENSYS, acho que é do grupo da Whirlpool que cuida desta area. Ou alguma empresa terceira.
Tem uma memoria serial. Veja tambem como tem componentes que se aquecem, aparentes na resina escurecida. Ao menos está dissipando o calor.A placa de controle é alimentada diretamente da rede eletrica. Um redutor de tensão tipico! Não encontrei nenhum transformador. Sabendo agora que o problema vem desta etapa, é provavel que ela necessitava de melhor design. Veja na foto abaixo o que acredito ser a etapa de fonte/controle do motor principal.
Verificase claramente o aquecimento dos componentes na resina epoxi. Tem um supressor que nao aparece na foto, atrás do radiador; tambem tem 2 transistors. Acredito que eles cuidem dos modos de operação do motor e da bomba de agua.
Essa foi a parte mais questionavel. A falta de um transformador pra proteger toda a parte logica da maquina. Uma maquina de 1000R$, não ter isso.

4 comments:

Rafael said...

(também odeio a BRASTEMP)

Posso explicar alguma coisa sobre este timer eletrônico:

Observe o lado de 6 terminais, de baixo para cima

1 - retorno do interruptor da porta
2 - fase
3 - fase
4 - eletrobomba e atuador do freio
5 - motor em sentido anti-horário
6 - motor em sentido horário

(o motor tem apenas uma velocidade)

Agora observe o lado do timer eletrônico com 8 terminais, de cima para baixo:

1 - jumpeado com o 8 o timer entende nível de água médio
2 - jumpeado com o 8 o timer entende nível de água baixo
3 - jumpeado com o 8 o timer entende transbordamento
4 - comum das válvulas de entrada de água
5 - válvula de entrada nº 01
6 - válvula de entrada nº 02
7 - válvula de entrada nº 03
8 - comum do pressostato

Realmente, as placas são mal-construídas.

Tem mais uma coisinha: sabe essa resina epóxi, que, aparentemente, está aí para proteger a interface de potência do timer eletrônico contra água??? Pois é... ela permite que a água ENTRE na placa por osmose, de onde não consegue sair, ocasionando defeitos na lavadora.

(se quiser me adicionar no msn: ertupaciguara@hotmail.com)

motoqueiro said...
This comment has been removed by the author.
motoqueiro said...

adorei seu blog pela riquesa de detalhe e por ve vc abismado com o circuito.. isso é normal o circuito adiministra mais a alta potencia motora antao nao precisa baixar sua tençao para transistores(triac) de potencia que nasceram pra trabalhar sobre alta amperagem . trasformadorres sao coisas do passado todas fontes sao chaveadas bivolts como as de um celular sao mais eficientes.as plcas queimam devido a alta umidade na eletronica dela devido ao seu adesivo proteto que racha deixando passar agua .duvidas augusto.placas@hotmail.....

Anonymous said...

Tem certeza que é da microchip esse CI? ta com o logo da motorola e o nome da multibras! deve ser um 8051 que é uma arquitetura aberta.